Bem-vindo ao website de Relações com Investidores da Saneago
PT EN
Central de Atendimento 0800 645 0115
Últimas Atualizações

Projeto FNMA

Em função da grave crise hídrica que atingiu o abastecimento público em regiões metropolitanas do Brasil nos últimos anos, o Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) lançou um edital para seleção de propostas voltadas à recuperação de vegetação nativa de Áreas de Preservação Permanente (APPs) em bacias hidrográficas degradadas, com o propósito de ampliar a oferta de água em locais com alta criticidade hídrica. O projeto elaborado pela Saneago foi selecionado, permitindo a alocação desses recursos na recuperação da sub-bacia do Rio Meia Ponte, responsável pelo abastecimento de 50% de Goiânia. Denominado “Recuperação florestal em áreas de nascentes e/ou áreas que margeiam os corpos d ́água na bacia hidrográfica de contribuição ao abastecimento público de Goiânia (GO) – Rio Meia Ponte”, o projeto foi designado para aplicar o montante de R$ 3.819.093,64, sendo R$ 2.435.284,36 do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal e R$ 1.383.809,28 (valor reajustado) como contrapartida da Saneago.

No âmbito do programa, a recuperação da bacia ocorre por meio do cercamento e do plantio de mudas nativas do Cerrado nas APPs. São abrangidos nove municípios: Brazabrantes, Damolândia, Goianira, Inhumas, Itauçu, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde e Santo Antônio de Goiás.

Em 2020, os serviços foram executados em quatro desses municípios: Brazabrantes, Goianira, Nerópolis e Santo Antônio de Goiás. Nos demais, a execução das ações está prevista para 2021, sendo que o contrato prevê manutenção das mudas por dois anos.

Área total a ser recuperada nos nove municípios: 580 mil m2 (58 hectares)
70 mil mudas
172 propriedades
84 nascentes